El Pelegrino em Edimburgo


Pelo Caminho:

Pela Europa:

Pelo Brasil

El Pelegrino em Edimburgo

Quando dizem que o melhor vem por último, tenho que concordar e Edimburgo foi uma surpresa muito boa pra mim.


Cidade com ar medieval, com castelos, histórias de fantasmas, passeios a pé com guias, museus gratuítos, comidas exóticas, apresentações de gaitas de fole, passeios de ônibus para as Highlands, pubs com uma variedade de cervejas e o verdadeiro whisky escocês.


Vista da Cidade no Holyrood Park


O albergue em que fiquei era bastante organizado e limpo, apesar de estar muito cheio, fiquei bem acomodado e a essa altura já estava acostumado.


Um outro ponto positivo é que, em Edimburgo as coisas não são tão caras quanto em Londres e existe a flexibilidade de pagar certos passeios com euros.


Existem vários museus na cidade e a maioria de graça. Acho interessante visitar todos os lugares onde você pode aprender mais a respeito do país e das pessoas.


Pensando dessa maneira, se perca entre as ruas e ladeiras da cidade velha e nova de Edimburgo. Eu garanto que você vai sentir como se estivesse voltando no tempo.


Certo dia, eu subi no ponto mais alto de Edimburgo e tive uma bela visão da cidade Velha e dos Castelos.


Quando eu estava pensando em voltar pro albergue, olho pra trás e vejo o mar.


Não pensei duas vezes e segui em direção a praia para tentar um mergunlho. Tentar, por que a água é absurdamente gelada!


Pipers - Musicos de tradicionais da Escocia


Apenas uma coisa não me agradou em Edimburgo, chove todos os dias, não importa se é verão ou inverno, tem que chover.


Nada que impeça o passeio de cada dia, afinal na Galícia era assim também.


Outro ponto muito interessante de Edimburgo é sua população, muito educada, curiosa e conversadora.


Foi a cidade onde mais me senti a vontade e que mais conversei com os moradores locais. Eles te fazem querer morar ali!


Infelizmente, o meu tempo na Europa estava acabando já faziam 86 dias em território europeu.


Em breve teria que retornar a Paris, descansar um pouco, desacelerar o ritmo, fazer um pouco de compras e voltar pra casa!


Não posso reclamar dessa minha primeira aventura nas terras do Velho Mundo.


Eu conheci pessoas maravilhosas, fiz amigos de verdade. Visitei diversos lugares que conhecia apenas por fotos. Experimentei uma variedade de comidas exóticas e típicas. Tirei milhares de fotos e vivi intensamente esses dias.


Vista do Calton Hill - Edimburgo


Eu regresso para casa com uma certeza... Ano que vem eu volto!