El Pelegrino em Roma


Pelo Caminho:

Pela Europa:

Pelo Brasil

El Pelegrino em Roma

"Todos os Caminhos te levam a Roma", talvez fosse fácil antigamente, mas com tanta gente querendo chegar nessa bela cidade, acaba gerando um engarrafamento danado.


Ao sair do aeroporto, tive que pegar um Shuttle (busão gratuito) até o metrô e tentar chegar ao albergue.


Dessa vez escolhi um albergue com toda a infra-estrutura, piscina, mercado, lavanderia, discoteca, tudo perfeito...


Até descobrir que fiz a reserva errada, em vez de pegar um chalé acabei pegando uma tenda por 11 euros.


Aeroporto de Roma


A tenda era o meu menor problema, afinal não passei muito tempo nela.


Roma foi classificada por mim como a Cidade mais cara de toda a viagem, um café expresso com croissant e água me custaram 8 euros, a primeira refeição 40 euros.


Tive que refletir bastante em Roma, ou eu me privava das belezas por causa dos valores a serem pagos ou simplesmente curtia.


Após fazer uma ligação para o Brasil, recebi o seguinte conselho "- Quem converte, não se diverte!".


Eu me diverti... e muito!


Pantheon


Roma é daquelas cidades que você tem que conhecer a pé.


Em todas as ruas e vielas tem algo pra ver, docerias e mercados escondidos entre escombros e ruínas.


Igrejas, templos, Coliseu, masmorras... Diz a lenda que São Pedro morreu nas masmorras do coliseu e que seus discípulos levaram o seu corpo para sepultar onde hoje é a Catedral do Vaticano.


Encontrei uma Igreja de São Cosme e São Damião no caminho para o Coliseu.


No Rio de Janeiro também temos uma Igreja em homenagem aos Santos no bairro do Andaraí, onde fui batizado, fiz primeira comunhão e fui crismado.


Em Roma consegui assistir o terceiro jogo do Brasil na Copa do Mundo de 2010 num dos diversos restaurantes da cidade.


O jogo foi morninho, a seleção brasileira empatou com Portugal com o placar de 0 x 0, mas valeu pela massa, estava ótima!


Restaurante Italiano - Jogo Brasil X Portugal