Visite a Cidade de Schwangau na Alemanha com ElPelegrino. 



Dicas ao viajante:

El Pelegrino em Schwangau

Você deve estar se perguntando, que cidade é essa?! E qual o motivo de eu tê-la visitado.


Castelo de Neuschwanstein


Simples, Hohenschwangau é a cidade que tem um Castelo, que foi copiado pela Disney, se tornando o Castelo Encantado dos contos de fadas da Bela Adormecida.


É também aquele do quebra-cabeças de 3.000 peças da Grow. Pois eu montei um desses e resolvi conhecer o original.


Swangau fica a alguns quilômetros de Munique, é só pegar um trem e pronto!


A cidade é bastante bonita, assim que sair do trem pegue o ônibus que fica aguardando na estação e segue em direção aos Castelos.


Bom, você pode ver a quantidade de bagagens que estou carregando é grande.


Não aconselho carregar mais que uma mochila, pois dá o maior trabalho e muitos calos na mão andar com tudo isso.


Uma mala grande, uma pasta com netbook e documentos, mochila e o bastão que usei pra fazer o Caminho de Santiago, era muita coisa.




Como eu fiz pra andar com essa tralha toda? é muito simples! Eu colocava tudo que podia nos lockers das estações de trem.


Só não dava pra colocar o bastão, mas me livrava do peso extra e pernas pra que te quero.


Essa tática, eu usei algumas vezes na Alemanha, pois o meu transporte lá foi basicamente trem. Fiquei bem familiarizado com as trocas de estações, itinerários e tudo mais...


O Castelo Novo Cisne de Pedra ou Schloss Neuschwanstein é o castelo que inspirou os dos desenhos da Dysney.


Foi construído pelo Rei Ludwig II e sua construção durou 17 anos.


Possui uma floresta ao redor do Castelo com trilhas bem legais, você pode explorá-las se quiser e tirar fotos de vários ângulos do Castelo.


Um pouco mais abaixo existe um outro Castelo que também é aberto a visitação. Explore todos os lugares que puder nesse pequeno vilarejo, por que passar mais de um dia por ali não têm justificativa.



Visual do lago em frente ao Castelo


Volte para estação de trem numa caminhada pelas trilhas ao lado da estrada, além de fazer bem a saúde é bastante gratificante pela sua beleza.








Acomodações em Schwangau

As acomodações em Hohenschwangau ou Schwangau são bastante caras.


Só vale a pena ficar hospedado mais de um dia nessa cidadezinha se você estiver acompanhado, por que para uma pessoa só fica muito caro.



Pequenas hospedarias nas proximidades do Castelo de Neuschwanstein


A cidade de Hohenschwangau não tem hostels, apenas hotéis e pequenos hotéis familiares com quartos privativos e café da manhã incluso.


Uma outra opção é procurar algo mais em conta próximo a estação de trem de Füssen. Em Füssen você encontrará alguns albergues.


Me lembro de ter visto algumas hospedarias por aquela redondeza. A pequena Füssen fica uns 7 kms dos Castelos.


Acredito que as opções de hospedagem aqui serão mais baratos do que as hospedagens mais próximas dos Castelos.


Sugiro também que esse passeio seja feito quando estiver hospedado em Munique.


Afinal Schwangau está há menos de 40 minutos de trem e a hospedagem em Munique é muito mais barata.


A minha escolha nesse caso específico foi passar o dia inteiro Hohenschwangau, viajando no final do dia de trem para mais um destino.


Encontre a melhor opção de hospedagem em Schwangau no painel abaixo:








Atrações de Schwangau

As atrações principais de Schwangau são os Castelos de Hohenschwangau (em alemão Schloss Hohenschwangau) e o Neuschwanstein (em alemão, Schloss Neuschwanstein).


O Castelo de Hohenschwangau (literalmente: Castelo do Grande Condado do Cisne) foi a residência de infância do Rei Luís II da Baviera, tendo sido construído pelo seu pai, o Rei Maximiliano II da Baviera.



Castelo de Hohenschwangau


O Schloss Hohenschwangau foi construído sobre os restos da fortaleza Schwanstein, a qual é mencionada pela primeira vez em registros históricos datados do século XII.


Hohenschwangau foi a residência oficial de veraneio e de caça do Rei Maximiliano, da sua esposa Maria da Prússia e dos seus dois filhos, Luís (mais tarde Rei Luís II da Baviera) e Otto (mais tarde Rei Oto da Baviera).


O Rei Luís II gostava de viver em Hohenschwangau, especialmente depois de 1869, quando a construção do seu próprio Castelo.


O Castelo de Neuschwanstein foi construído por Luís II no século XIX, inspirado na obra de seu amigo e protegido, o grande compositor Richard Wagner.


O Castelo de Neuschwanstein, começou a partir do lançamento duma pedra proveniente do Castelo de Hohenschwangau. Sua arquitetura possui um estilo fantástico, o qual serviu de inspiração ao "Castelo da Bela Adormecida", símbolo dos estúdios Disney.



Castelo de Neuschwanstein


O nome Neuschwanstein é uma referência ao "cavaleiro do Cisne", Lohengrin, da ópera com o mesmo nome de Wagner.


Para se visitar os Castelos é necessário comprar os tickets na bilheteria localizada antes da subida aos Castelos. Os tickets não são vendidos nos Castelos, por isso, fique atento para não perder a viagem para cima.


Não é permitido tirar fotos e filmar no interior dos Castelos, sujeito a passar vergonha e ter que apagar a fotografia.


Passeios pelas trilhas ao redor dos Castelos são mais que recomendados. Dezenas de trilhas para desbravar e encontrar o melhor ângulo para aquela foto!


Existe a possibilidade de subir até o Castelo de Neuschwanstein de Carruagem, trenzinho e ônibus, recomendado para idosos e crianças de colo, a subida é bastante cansativa.


é possível fazer passeio de barco nO lago Forgensse, com diferentes paradas em seus roteiros.


Os passageiros podem desembarcar e continuar o passeio a pé, ou levar suas bicicletas, assim conhecendo melhor os detalhes de cada canto mágico da região.



Lago de Schwangau


Com belas vistas para o Castelo Neuschwanstein, Füssen e os Alpes o passeio de barco no Forgensse é uma das atrações imperdíveis da região.


Os passeios de barco são possíveis nos meses de Junho até Outubro. Mais informações clique aqui!








Pérolas de Schwangau

As dicas para se divertir e aproveitar as maravilhas de Füssen e Schangau ao máximo é se hospede numa dessas cidades.


Por mais que você consiga chegar cedo na cidade para visitar um dos Castelos, sempre vai ficar faltando tempo para ver um algo a mais.



Centro de Füssen


Como não fiz um planejamento antecipado para visitar o Castelo de Neuschwanstein, não tive tempo de visitar o Castelo de Hohenschwangau.


O meu guia de viagem não ofereceu muito suporte para essa etapa, então tive que encarar as surpresas e o inevitãvel.


A aventura na Alemanha é muito engraçada, isso por que os alemães apesar de entenderem o inglês, alguns só respondem em Alemã.


Passar um dia corrido no chamado day trip, não vale a pena. Afinal, existem albergues em Füssen com preços acessíveis.



Vôo de Parapente nos Alpes


Minha sugestão é de passar pelo menos uma noite na cidade, conhecer os Castelos calmamente.


Passear calmamente pelo centro de Füssen e por Schwangau. Ter uma bela refeição da Bavária, acompanhada é claro de uma boa caneca de cerveja local.


Existem as opções de passeio de barco, parapente, passeio a cavalo, trekking pelas trilhas dos bosques que rodeiam a região, são passeios muito recomendados.


Dependendo, você pode até esquiar nos Alpes que rodeam essas duas cidades.


Para saber mais sobre Schwangau e Füssen, baixe aqui, o guia em inglês sobre a região.


Guia da Região








Mapas de Schwangau

Para se chegar em Füssen a melhor maneira é de trem. Há trens diários partindo de Munique pela manhã e com retorno no final do dia.




A partir da estação pode-se pegar o ônibus em direção aos Castelos. O pagamento do ônibus pode ser efetuado na compra do bilhete de trem ou diretamente ao motorista.


Mapas impressos nos albergues e no ponto de informação turiística. Não é difícil andar pelas ruas de Füssen, pois a sinalização é muito boa.


Existe muito mais em Füssem e Schwangau do que os Castelos. No inverno, pode-se esquiar nos alpes ou patinar no gelos dos lagos.


Abaixo, um pequeno mapa da região dos Castelos.


Mapa das trilhas dos Castelos


 



topo