Visite a Cidade do Vaticano com ElPelegrino Viagens e Turismo. 



Dicas ao viajante:

El Pelegrino no Vaticano

Fiquei muito emocionado em entrar na Praça de São Pedro. Pensava em todos os eventos que ali aconteceram naquela praça. No livro do Dan Brown "Anjos e Demônios" lido recentemente.


Papa Bento XVI


No Papa João Paulo II e de tudo que havia acontecido comigo até aquele momento.


Resolvi entrar na Catedral pra assistir a missa e depois de tantos anos sem me confessar a um Padre, resolvi que ali era um bom lugar pra fazê-lo.


Tive uma conversa aberta com ele, afinal eu não o conhecia e nem ele a mim. Depois de um tempo de conversa eu me senti muito aliviado e chorei.


Com o espirito renovado, visitei o túmulo de São Pedro e a Cripta da Catedral.


Fiquei umas três horas na fila esperando para entrar no museu do Vaticano.


A oportunidade de conhecer as belezas de Michelangelo, obras de Da Vinci, de Dali, De Goya, a Capela Sistina, e muitas artes Sacras é única.


Consegui assistir o Papa Bento XVI em sua celebração dominical na sua janela.


Não satisfeito, voltei e assisti a Assembléia semanal, realizada todas as quartas, debaixo de sol forte e na comapnhia dos mais fervorosos fiéis de todos os cantos do Mundo.


A cerimônia é grandiosa e de muita importância para os fiés, afinal o Papa é POP!


Praça de São Pedro


Quando falei ao meu amigo José Luis que iria pra Roma ver o Santo Padre, ele muito feliz me orientou a procurar Oficina do Peregrino na Praça de São Pedro.


Disse-me para levar a credencial do peregrino, e que lá eu receberia outro carimbo.


Para minha surpresa, ainda recebi um Certificado por ter peregrinado até Roma, chamam-na de "Romana".


Imagina a minha felicidade de peregrino. Na mesma hora pensei em ir até Jerusalém.


Quem sabe lá também tem carimbo e certificado! Devido a burocracia de entrevistas e vistos, vai ficar para outra oportunidade.


Romana - Certificado de Peregrinacao ao Vaticano










Acomodações em Vaticano

Para encontrar um lugar para ficar no Vaticano é muito difícil. E nesse caso, procure onde ficar nos arredores de Roma.

Vaticano


A região em volta da Cidade do Vaticano tem algumas jóias pouco exploradas.


Apesar de não ser parte de Centro histórico, todas as principais atrações da cidade e as maravilhas do Vaticano são facilmente acessíveis a pé ou de metrô.


O tradicional bairro Prati, onde os romanos fazem compras também, é sempre cheio de gente, principalmente de dia.


Tem bastante restaurantes, de todos os tipos e preços. Está há menos de 1 Km do Vaticano, 1 km do Castel Sant’Angelo, 1,4 km da Piazza del Popolo.


Como o bairro Trastevere, basta atravessar uma das pontes para chegar no centro histórico.


Possui duas estações de metrô: Ottaviano e Lepanto, além de vários ônibus.


Encontre a melhor opção de hospedagem em Roma/ Vaticano no painel abaixo:








Atrações de Vaticano

Quero salientar que as atrações do Vaticano além dos valores artísticos, culturais e históricos, ainda temos o valor religioso.


Afinal, quem vem a Roma quer ver o Papa e aqui no Brasil sabemos que o "Papa é pop!"


Praça de São Pedro


Então para garantir que você consiga vê-lo, você deve registrar na sua agenda.


Quartas-feira pela manhã, o Papa participa da audiência pública na Praça de São Pedro.


No Domingo, ele aparece na sacada de sua janela, para das as suas bençãos aos fiéis.


Ambos os dias são muito disputados pelos católicos e visitantes.


Faça chuva ou faça sol, leve consigo um pequeno guarda-chuva (sombrinha) e uma garrafa de água.


A segurança é sempre muito reforçada e a multidão é sempre imensa.


Cuidado ao levar crianças, se possivel coloque uma pulseira com identificação nelas.


Tenha muita paciência, por que apesar do estresse, do calor e da multidão, sempre vale a pena!


Se você for peregrino e tiver feito o Caminho de Santiago recentemente, passe na Oficina do Peregrino.


Apresente a sua credencial, além de ganhar mais um belo carimbo, você ainda recebe a Romana, certificado de peregrinação como a Compostelana.


As filas para se visitar a Basílica de São Pedro, suas Tumbas (onde supostamente estão os restos mortais do Apóstolo Pedro) e sua Redoma são imensas.


Museu do Vaticano


Uma foto com a Guarda Suiça, conhecida como a mais bem preparada do Mundo (talvez outra lenda!), também não pode ficar de fora.


Ficar um tempo apreciando a Praça de São Pedro, também é um bom programa.


Faça um lanche sem pressa, de preferência nos dias em que não há programação e curta a bela arquitetura presente nas construções.


Repare a riqueza de detalhes e a grandiosa construção de Bernini.


Compre e barganhe com muito cuidado os artefatos que são vendidos por ambulantes.


Para entrar no Museu do Vaticano, local onde se encontram a Capela Sistina, Museu da Antiguidade, Museu da Antiguidade Egípcia, Pinacoteca do Vaticano e vários outros, você terá que enfrentar outra longa fila.


Separe um dia inteiro para essa visita. O Museu é imenso e tem muita coisa para se apreciar.


São vários pequenos Museus que integram o Museu do Vaticano. Dica importante, leve um lanche e água, por que é bem mais caro dentro do Museu.


Guarda Suiça


Para finalizar a sua visita pegue um dos ônibus de dois andares na saída da Cidade e passeie apreciando as belezas de Roma.








Pérolas de Vaticano

As dicas referentes ao Vaticano são poucas, mais poderão lhe ajudar de alguma maneira.


Ande sempre com uma mochila pequena, onde poderá colocar uma garrafinha de água, um pacote de biscoito, uma sombrinha, o guia da cidade (comum na mão dos turistas) e/ou mapa.


Praça de São Pedro


A sombrinha (pequeno guarda-chuva) será muito útil, pois o tempo de espera nas filas é sempre longo, isso debaixo de sol ou chuva.


Passe protetor solar antes de sair do hostels/ hotel, é sempre bom prevenir queimaduras na pele.


Não vai querer ficar que nem um camarão? Uso de bonés e óculos escuros são sempre recomendados e bem vindos.


Coloque a carteira de dinheiro e cartões somente no bolso da frente ou porta documentos, aqueles que são dados pelas agências de viagens.


Tire uma cópia do seu passaporte, não é necessário andar com o original, guarde-o em armário ou locker dispponiveis nos hostels e hotéis.


Apesar de estar no Vaticano, nada impede os espertinhos e batedores de carteiras de plantão de ganharem um trocado.


Praça de São Pedro


Beba bastante água, mas evite comprar no entorno do Vaticano, foram as garrafinhas mais caras que encontrei em toda a Europa.


Chegue cedo se quiser acompanhar as aparições do Papa, independente das condições climáticas, a multidão sempre é grande.


A estação de metrô que atende as imediações da Cidade do Vaticano é a Ottaviano São Pietro, siga pela Via Ottaviano até a Basílica de São Pedro.


Os convites para as audiências papais devem ser obtidos no dia anterior na Prefeitura da Casa Pontífica, ou chegando cedo pode se ter acesso a praça de São Pedro.


Outra dica importante, evite tirar fotos com flash, além de danificarem as pinturas expostas nos museus, chamam demasiada atenção dos guardas naquela foto imperdível.


Praça de São Pedro


Em algumas exposições o visitante é proibido de tirar fotos, mas com o flash desligado, além da foto ficar mais natural, não chama tanto à atenção deles.


Principalmente na Capela Sistina, onde o que se mais ouve é "No foto! No foto!" :o)









Mapas de Vaticano

Por ser o menor Estado independente do Mundo, com apenas 0,44 km², a Cidade do Vaticano não possui a necessidade de mapas.


Visto que, existe apenas a Praça de São Pedro e as ruas de acesso a ela que compõe a paisagem.




Você encontrará informações da Cidade do Vaticano nos mapas de Roma. Disponível aqui para download!







topo