Caminho Português, El Pelegrino no Caminho de Santiago de Compostela. 



Etapas Caminho de Fátima:

Caminhos:



O Caminho de Fátima


Maps: Associação do Caminho de Fátima.



Já desde o século XVIII que muitos peregrinos rumavam a Fátima para visitar o Santuário de Nossa Senhora da Ortiga.


Desde o ano de 1917, contudo, passaram a fazê-lo com maior afluência, sobretudo, para visitar o Santuário de Nossa Senhora de Fátima, situado na Cova da Iria, e ainda o local das aparições do Anjo da Paz, nos Valinhos, perto de Aljustrel.


No princípio do século XX, peregrinar até junto da Capelinha das Aparições era uma verdadeira experiência de fé, pois implicava sair de casa a pé, sem carro de apoio e com a vida às costas, caminhar pelos campos e estradas rurais não sinalizadas, dependendo da generosidade dos habitantes ao longo do caminho para ter onde beber, comer e dormir.


Com o desenvolvimento vieram as estradas alcatroadas e a generalização das peregrinações junto às vias rodoviárias, os romeiros passaram a estar acompanhados de carros de apoio logístico, preterindo a experiência de caminhar tranquilamente pelos campos pela chegada rápida e muitas vezes insegura ao Santuário de Fátima.


Fonte: Wikipédia.



Rotas

Em 2008 foi fundada a Associação de Amigos dos Caminhos de Fátima.


O trabalho desta associação é essencialmente prático e sem fins lucrativos: a marcação de setas do caminho em Portugal, manter um site de informações peregrinas, prestar apoio na preparação de peregrinações, emissão de credenciais, à organização de peregrinações pelos campos, formação de guias peregrinos, acolhimento de peregrinos no albergue do Porto da Luz.


Trabalhando duro foram demarcados 4 Caminhos em direção ao Santuário de Fátima, são eles: É considerado um "Caminho de Peregrinos" ao percurso que está devidamente sinalizado como tal, do principio até ao fim, como um percurso seguro.


Caminhos de Fátima



Sinalização

A sinalização do Caminho Português de Santiago iniciou-se há cerca de 25 anos, recorrendo ao sistema convencionado para toda a Europa para identificar de forma simples os itinerários jacobeus uma seta amarela pintada em muros, paredes, pavimentos, árvores, postes, etc, em todos os locais onde pudessem ocorrer dúvidas, particularmente nos cruzamentos e bifurcações.


Estas setas foram depois substituídas no troço galego por uma solução definitiva marcos de pedra com a distância quilométrica à Catedral de Santiago, incluindo um azulejo azul com uma vieira amarela posicionada de acordo com o sentido da marcha ou, noutros casos, apenas o mesmo azulejo colado em paredes e muros.


Em Portugal têm-se mantido as setas amarelas, periodicamente retocadas, constituindo uma solução que, embora provisória, é absolutamente segura. Contudo, está já em curso a fixação definitiva de setas metálicas amarelas em todo o percurso, do Porto a Valença.


Para possibilitar a indicação do Caminho no sentido oposto, nomeadamente para orientação dos Peregrinos que de Santiago de Compostela se dirigem a Fátima, encontrarás também setas azuis que identificam o Caminho de Fátima, de Valença até ao Porto.


Sinalização comum no Caminho Portugês


Chama ainda a atenção uma sinalização constituída por dois traços, um vermelho e um branco, que encontrarás pelo menos entre Rates e Barcelos e entre Ponte de Lima e Valença. E á indicação da GR11-E9, um itinerário que tem origem em S. Petersburgo, na Rússia, atravessa toda a Europa e termina em Portugal na casa de S. Vicente.


Trata-se de um percurso pedestre definido em Portugal pela Federação de Campismo. Também designado Caminho de Santiago, não corresponde integralmente ao traçado do Caminho Português, por incluir alternativas pontuais aos traçados existentes com pavimentação betuminosa.


Nesta sinalização dois traços paralelos indicam a direção certa, dois em aspa a direção errada e quando o vermelho se apresenta em ângulo reto significa a mudança de direção para a direita ou para a esquerda.



Material de Apoio

Pesquisando na internet encontram-se diversos sites com referência ao Caminho Português e de Fátima. Dentre muitos pesquisados, deixo aqui o link dos dois melhores sobre o assunto:


Sites úteis:


Guias & informativos:

Mapas de Lisboa:











topo